Quando eu morrer

Quando eu morrer

(Pois não há homem imortal nesse mundo)

Não quero tristeza ou saudades

Pois quem viveu ao meu lado saberá que vivi intensamente

Cada dia como se fosse o último!

 

Não quero pesar nem lágrimas

de quem nunca se importou.

Quando eu partir, (de volta pra casa)

quero uma celebração alegre e saudosa

dos que realmente estiveram ao meu lado em vida!

Eles saberão!

Que digam a todos o quanto fui feliz em vida

O quanto trabalhei pelo bem dos meus pares…

O quanto amei sem pedir nada em troca

O quanto me entreguei como um grão de trigo…

Que fui intenso enquanto vivo!

 

Quando eu morrer não quero flores

De quem nunca se importou com minha vida de verdade

De quem nunca enviou rosas ou jasmim em vida…

 

Não quero choro de saudades de quem nunca se lembrou de mim!

Pois flores em vida é que devemos dar!

 

Quando eu morrer (Meu peito pulsa por ver meu Mestre Jesus)

quero que minha esposa fique ao lado do meu caixão, sorrindo!

Pois viveu ao lado de um milagre ambulante em vida

que desejava deixar o corpo para estar com Deus…

E Enfim chegou o dia!

 

Quando esse meu corpo tombar aqui

E meu verdadeiro homem partir sorrindo

Quero todos os meus filhos cantando em adoração

Celebrando a vitória de Cristo sobre a morte

Que chorem pelos que ficaram, em vida!

 

Pois quem é salvo nunca mais morre:

___Volta pra casa!